Tecnologia do Blogger.
RSS

Editora Dracaena - Em Breve

Livro ' Porque eu amei ' do escritor Roque Neto.
Twitter do autor: https://twitter.com/RoqueANeto


Prefácio

O mundo mudou tanto desde os anos 80, quando publiquei meu primeiro livro nos Estados Unidos, que algumas vezes me sinto em um universo paralelo. Naquele tempo não havia união civil ou casamento para homossexuais em lugar algum. A homossexualidade era considerada crime em vários países, a ONU não tinha interesse em proteger gays e lésbicas, discriminação e violência eram socialmente aceitas e até incentivadas. No cinema e na TV, personagens homossexuais eram raros. E agora, mesmo em países como a África do Sul, com um histórico de opressão racial legalizada, os homossexuais foram libertados da categoria de cidadãos de segunda classe.
O público interessado em histórias com personagens homossexuais cresce à medida que os direitos destas pessoas se expandem, mas alguns ainda me perguntam qual o motivo para incluir personagens gays em livros de ficção. Respondo que a razão é a mesma para a escrita de qualquer livro: contar uma história única, tocar os leitores, partilhar experiências e criar acesso a um mundo diferente. Outra razão é que, apesar das mudanças sociais e culturais dos últimos vinte anos, ainda existe muito trabalho a ser feito para que as pessoas compreendam os problemas peculiares daqueles que crescem conscientes de sua orientação sexual e tentam levar uma vida livre dos estigmas atribuídos a tal identidade.
O novo romance de Roque Neto se desenvolve com bravura em um território conflitivo: a Igreja Católica. Tal instituição tem lutado para se adequar ao mundo contemporâneo da mesma forma que José Lucas, o protagonista de Porque eu amei, tenta levar uma vida boa e honesta. Ele enfrenta doses duplas de preconceito cultural e religioso, o que se torna ingrediente essencial para um livro de substância e vigor. Trabalhamos para viver honestamente, mas quando um de nós internaliza a intolerância daqueles que nos consideram inferiores, nosso trabalho se torna ainda mais desgastante e, algumas vezes, tarefa para a vida toda.
Após mais de trinta anos publicando livros de ficção, com dois deles traduzidos para a língua portuguesa, tenho o orgulho de apresentar Roque Neto ao meio literário. Ele é o futuro.
Lev Raphael*
*Lev Raphael é o autor de Colóquio mortal e A morte também frequenta o paraíso.


Livro ' Yume ' da autora Kamile Girão.

Por detrás das roupas surradas masculinas que costumava vestir, um mundo incrivelmente estranho se escondia.
Nadia sabia que sua cabeça não era comum e que suas ideias divergiam do que era normal.
Apenas ela conseguia ver o que não existia. Apenas ela era capaz de desenhar com perfeição um personagem visto em um sonho.
Guitarrista, estudante, filho, cético, objeto sexual de quem o quisesse.
Ainda assim, Adrien não era feliz. Contudo, a vida monótona e libertina parecera ganhar um sentido especial quando estranhos sonhos se projetaram em sua mente e quando a missão aparentemente inimaginável lhe fora imposta: impedir que uma determinada garota chegasse ao Yume, o local proibido para meros humanos.



Livro ' Sentimento Fatal ' da autora Janethe Fontes.

Por amor se mata? O amor destrói?
E o ciúme, pode ou não ser controlado?

Sentimento Fatal levará você a pensar nessas questões e rever seus conceitos… todos os seus conceitos em relação ao amor.
Dividida entre a paixão avassaladora do marido Roberto, que tem um ciúme doentio, e o grande amor de infância de Daniel, que ela torna a encontrar dez anos depois, Adriana Diniz Martinez terá de vencer o medo e reencontrar a si mesma… Lutar pela própria integridade e também pela filha Letícia, pela qual é capaz de tudo, sobretudo suportar a violência do marido, sobretudo suportar a própria infelicidade.
Com uma narrativa surpreendente, combinada a ingredientes como drama, aventura, sedução e suspense, e tendo ainda como pano de fundo a violência doméstica, a autora faz com que o leitor tenha de prender o fôlego para acompanhar este romance que, em cada novo capítulo, nos revela uma dura realidade que, lamentavelmente, atingi milhões de mulheres em todo o mundo… Nos faz descobrir ainda que o amor pode ser tranquilo e seguro, mas também agitado e extremamente perigoso.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comentários:

Sanzinha disse...

A capa de Yume é linda, né?
Tenho vontade de ler esse livro.

Beijinhos!

Garota do Blog disse...

eu tb tenho ..
mas nunca acho na minha livraria
:(

s2 disse...

eu tambem quero ler yume.!

Line Reis disse...

Eu quero todos

Postar um comentário

Vou ler ..